Assinatura RSS

Publicado em

Um do outro pra sempre!

Ontem estava refletindo sobre meu relacionamento (não, não vamos terminar ou dar um tempo). Parei e comecei a lembrar de tudo, desde o comecinho, me deu uma saudade, um sentimento de satisfação.

Falarei então de como começou até chegar onde estamos!

Lembro como se fosse hoje a cena da Kah (uma das bests) entrando no cursinho falando que iria começar a estudar física com um amigo, logo rebati com a seguinte frase “Amiga, você vai se envolver com esse rapaz e vai acabar o seu namoro. Cuidado!”, como ela é bocuda, logo soltou “Não vou! Não faz meu tipo, aliás, ele faz o seu tipo, aposto que você vai achar o Gu lindo”.

Depois desse dia a bendita simplesmente não parava de falar do tal Gu pra mim e eu ficando cada dia mais curiosa. Certo dia percebi que um tal de Gustavo não saía mais do meu orkut, todos os santos e religiosos dia o nome dele estava lá marcado, como sou EXTREMAMENTE (multiplique por 1000000) curiosa retribui a tal visita. Depois disso foi um fuçando o outro descaradamente e a Kah falando dele pra mim, de mim pra ele… SEM PARAR!

Ok! Vocês devem estar se perguntando “Atitude nisso? Cadê?”. Caaaalma, pessoas invisíveis… Já falo!

Não lembro exatamente o dia, mas sei que fui viajar e voltei no sábado, pra variar corri pro computador pra entrar no msn,orkut e todo o resto de futilidade que a internet oferece às pessoas desocupadas como eu era na época (pq agora não sobra tempo pra respirar). Nome de quem estava marcado??? Dele! Do Sr. “Gustavo(garrafa) (guga)Asciutti”. Não resisti e mandei um recadinho:

“O senhor que é o famoso Gu?”

Nem um minutinho depois estava um recado de volta:

“Sim! E a senhora que é a famosa Laurinha?”

Pra que?! Logo começaram as trocas de recados e a informação de que tava tudo certo pra gente se ver na segunda (detalhe que eu NÃO estava sabendo desse fato). Do orkut ao msn! De minutos falando até madrugadas varadas fofocando com o Sr. Desconhecido.

Segunda cadê ele? Recebo um recado informando que ele tinha médico, por isso não foi.

Terça lá estava eu estudando quando, DO NADA, Kah me liga falando preu ir na padoca. Saí na frente do cursinho e quem estava? Kah ocm seu namorado e cunhada (na época) e o tal “Gu”.

Fiquei parada olhando aquele ser loiro, dos olhos claros, camisa vermelha, sorrizo reluzente, narigudo e tênis (coisa rara). Mais que depressa pensei: “Caraca, que cara lindo!”

23 de setembro de 2008: Uma noite sem aula (matei todas menos a última). Cutucões, certos ‘xingamentos’, risos, cerveja e, depois de umas três horas, um beijo. Ahh… Eu fiquei idiotamente idiota o resto da noite. Como se nunca tivesse beijado alguém, como se eu fosse ficar com ele pra sempre a partir daquele momento.

Karen vivia implorando pra eu não me apaixonar, eu vivia dizendo que não estava nem aí pro cara “lindo”. E ficamos por quase um mês, eu fazendo novena pra virar namoro e ele nem meu telefone tinha pedido ainda.

18 de outubro seria o casamento da minha irmã, queria muito que ele fosse. Camila falando “Não! Cada hora é um namorado, esse num vai durar um mês”. Pedi pra Tha o convite dela e o convidei pra ir comigo, nem que fosse como amigo. Ele aceitou!

15 de outubro de 2008: Numa saída pra terminar de ver o lance do salão com minha mãe e irmã, Gu resolveu me encontrar. Minha mãe espalhando que ele era meu namorado, eu negando até a morte. Passei no salão e, como sempre (L), fomos pra beira da praia, ficamos de beijinho, carinhos e toda melação.

Aí o beleza vai e solta algo que quebrou o clima todo ¬¬’

Diálogo

G:Laurinha, você sabe que assim que homologarem o concurso eu vou embora pra Bauru, né?!

L: Sim, eu sei! Mas não pensa nisso agora, pelo que vc diz ainda vai demorar.

G: Então, mas não queria acabar com isso.

L: Calma, vai demorar

*Silêncio*

Eu pensando: “Pronto, acabou tudo. Que merda, Kah me disse pra num gostar dele”

Fomos pra uma praça perto do salão que minha mãe estava, sentamos e a melação começou de novo. Do nada ele me chama de novo…

Diálogo 2:

G: Laurinha?

L: Oi?

G: Posso te perguntar uma coisa?

L: *coração acelerado a mais de mil km* Claro, fala..

G: Cê quer ser minha namorada???

L: *vermelhidão tomando conta de mim* Siiiimmm!!!! Mas e quando você for embora?

G: A gente vê como fica. Vai demorar!

Isso há quase dois anos atrás!

Aí depois de todo esse filme passando na minha cabeça oca, parei e pensei que não há pessoa mais maravilhosa na minha vida. Não vale comparar com família, sabe?

No meio de tanta coisa que anda acontecendo comigo, tanta dificuldade e desânimo… Ele está sempre ao meu lado! Brigando, me chacoalhando, consolando, secando lágrimas, rindo comigo, me dando força. Força que se não houvesse eu não estaria lutando pra conseguir as coisas que eu quero.

Gustavo tem sido tudo na minha vida! Namorado, amigo, conselheiro, pai, confidente e noivo (o mais lindo noivo do mundo). Sem ele comigo eu já teria voltado embora, já teria desistido e sido derrotada por tudo.

Me faltam palavras pra expressar tudo o que ele tem sido pra mim. Faltam ações, palavras e até mesmo sentimento.

Eu sei que ele vai passar aqui pq eu vou pedir, mas eu não posso de deixar de falar algumas coisas direcionadas à ele.

“Gu, eu sei que você me acha uma chata melosa, sei mesmo. Mas é naquelas, eu sou e não adianta reclamar! rs. Eu não tenho como agradecer por tudo o que você tem feito por mim. Tem feito muito mais do que eu realmente mereça, tem feito coisas que, ao meu ver, é impossível pra um namorado. Você tem sido a parte mais importante do meu dia-a-dia, a peça mais importante desse meu quebra-cabeça bagunçado. Sabe, ter você como namorado e amigo sempre foi muito importante pra mim. Ultimamente tem sido mais por (embora não oficial ainda) você ter se tornado meu noivo, mesmo que entre nós! Ter você como algo além de namorado me dá uma segurança a mais, me faz ter a certeza de que eu vou cuidar pra sempre de você assim como você pra sempre tem o dever de cuidar de mim. Certeza de que estaremos juntos na horas de alegria, tristeza, dificuldades e vitórias. Isso é muito além do que eu esperava pra mim um dia. Obrigada por você existir, por ser parte de mim e por fazer de TUDO.. TUDO mesmo pra tirar o sorriso mais boboca da minha boca! Eu te amo, Moi! Eu te amo além de tudo que possa existir nesse mundo!!!”

Sem mais….

Anúncios

Sobre lauralaurinha

20 anos, nascida na praia, apaixonada pelo Namorado, estudante de Biologia!

Uma resposta »

  1. gustavoasciutti

    Mor!!!! muito lindo esse post ae!!! ah baixinha.. vc fala que eu sou importante pra vc é q vc tb não sabe o quanto a sua companhia, parceria, amizade e amor me ajudam demais, a aguentar estes varios trancos na minha vida e acho q sozinho não aguentaria, te amo demais, nanica!!

    bjsss coraçao -D

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s