Assinatura RSS

Arquivo da categoria: Amor

Vitória dos amigos? É minha vitória também!

Publicado em

Oi, pessoas!!!

Hoje o post será meio, sei lá, não sei classificá-lo. Talvez emocionante, emotivo ou algo do tipo.

Acho que já devo ter comentado aqui sobre meu círculo de amizade. Realmente é um círculo, ou seja, não teve início e nunca terá fim. Sabem também que esse círculo é formado por Pri, Thamy, Eve, Lah (eu), Lika e o Mayr (que veio de brinde ¬¬”).

Vou começar do começo, ok?

Em 2006 fui estudar no colégio Objetivo de Ubatuba. Fui meio a contra gosto porque nunca me socializei muito com pessoas de escolas pagas e isso me deixou aflita. Coloquei na cabeça que não faria amizades, que seria humilhada por não ter o mesmo padrão e que seria a coisa mais foda da minha vida. Impressionante como me enganei.

Nesse colégio que eu julguei, encontrei minhas irmãs de alma, aquelas citadas ali em cima, sabe?

Nos tornamos amigas de infância em um semestre. Pouquíssimo tempo já conhecíamos umas as outras como a palma de nossa mão. Segredos, confissões, baladas e diversas histórias que jamais serão esquecidas. Aliás, que sempre são lembradas como se tivessem acontecido ontem ou há 5 minutos.

E nossas paródias??? Nossa, nem me fale. Que saudade!

Posso considerar que os dois melhores anos desses 22 que vivi foram os 2 anos que estudei no objetivo e que passei com elas, minhas irmãs que formaram o PTELL.

O Mayr é meu irmão de alma. Por pouco o destino não nos fez primos, ou seja, era pra ser! Amo incondicionalmente esse ser retardado que faz o papel de amigo, irmão, pai e tudo mais.

NÃO TEM COMO NÃO AMAR ESSAS PESSOAS!

O tempo passou. Eve foi pro Rio estudas, Thamy pra Bauru (lugar onde fui morar logo em seguida), Lika voou mais longe, foi pra Nova Zelândia, Pri ficou em Pinda e o Mayr em Uba mesmo.

Eu? Eu fui pra Bauru e agora estou em Rio Preto rs.

Agora, depois de 6 anos, todos resolveram crescer. Todos estão pra se formar já (menos a Lika) e isso me traz uma felicidade sem tamanho que chego a chorar. Chorar de saudade, de emoção e, principalmente, por poder participar da comemoração de vitória de cada um deles.

Porque foram 6 anos onde todos se descabelaram primeiro pra passar no vest e depois pra concluir a tão sonhada faculdade.

Dia 30 de março tem a primeira formatura, será da Thamy. Estamos contando os segundos, minutos, horas e dias pra que chegue logo o grande dia. E vamos gritar, beber, dançar, cair e, se precisar, até gorfar. Mas tudo isso será pra comemorar a vitória da nossa amiga-irmã-companheira de vida.

Sim, DE VIDA!!! Porque até conhecê-la(s) eu não tinha vivido nada, minha gente!!!

Não há felicidade maior no mundo do que ter amigos vencedores e que, de tão amigos, fazem questão de que você esteja lá com ele comemorado junto.

Sabe, parece que tô me preparando pra minha formatura. De certa forma será, porque a felicidade da minha amiga, é a minha também. Disso eu e ninguém tem dúvidas.

E é por isso, queridos, que digo:

PREPAREM O TRANSPLANTE, PORQUE MEU FÍGADO VAI DERRETER!

Um beijo!!!

Thamy e eu em alguma balada por aí!

Nosso amor

Publicado em

Olha eu aqui outra vez ahahaha…

Na verdade eu não tenho nada de muito especial pra falar. Acho que só tô passando mesmo pra dizer o quanto estou feliz nesse fim de semana. Detalhe, sem um motivo muito aparente.

Sabe, depois de todo o acontecimento no fim do ano passado passei a semana toda num estado complicado. Choro, falta de sono, de fome e de ânimo. Foi nessa hora que eu parei e comecei a refletir sobre mim e o Gustavo.

Comecei essa reflexão toda por eu ter ao meu lado mais que um noivo. Cara, eu tenho um amigo e um companheiro e tanto comigo. Digo isso pq eu acho muito difícil – nos dias de hoje – você arranjar alguém que realmente compartilhe os bons e maus momentos com o parceiro (a). Eu tirei a sorte grande!

Semana passada foi uma semana terrível. E olha era a primeira do ano, hein?!

Fiquei jogada na cama todos os dias. Quando não estava tentando dormir, estava chorando. E mesmo assim ele estava lá ao meu lado, tentando de todas as maneiras possíveis me animar, me levantar e me explicar que, infelizmente, não havia nada a ser fazer a não ser lembrar dos momentos maravilhosos com o Vinícius.

Eu confesso que fico extasiada com tamanha preocupação dele para comigo. Claro que eu me preocupo com ele, mas muitas vezes parece pouco perto de tudo que ele faz por mim. Dizer que ele faz o impossível por mim aina é pouco, chega a ser quase nada perto de tudo que ele faz.

A cada dia ele me prova (mesmo que sem intenção) que todas as palavras bonitas que ele me diz são realmente verdade. E embora eu tenha ataques loucos de ciúme, não tem como passar cada segundo sem me apaixonar e re-apaixonar.

Pode parecer clichê o que eu vou falar, mas não tem como eu não ter CERTEZA de que ele é e sempre sera o amor da minha vida. Aquele homem que eu escolhi para passar cada aniversário, natal e ano novo ao lado – além de todos os outros dias do ano. Amo incondicionalmente. Não podia ser um sentimento diferente por uma pessoa com um significado tão especial em minha vida.

Esse post aconteceu só pq eu realmente agradeço muito à Deus por colocar em minha vida um anjo, um amigo, companheiro, um namorado e conselheiro. Ele não é um homem qualquer.

Ninguém tinha obrigação de ler até o fim. Mas esse blog foi feito pra falar dos preparativos do nosso casamento. Como falar de casamento sem falar de amor? Do nosso amor.

Obrigada a quem perdeu alguns minutos lendo uma página de uma história de 3 anos e 3 meses – até agora. Uma história que terá continuidade a cada segundo de vida e que está apenas começando.

 

Um Beijo!

A saudade nos faz parar pra pensar

Publicado em

Confesso que hoje eu não tinha intenção de fazer um post (a não ser o da música, que coloquei mais cedo), mas a saudade que eu estou da minha casa, dos meus pais, me fez mudar de ideia.

Quando eu resolvi fazer faculdade, me mudei para casa de minha irmã, isso todo mundo sabe. Ela acabava cuidando de mim assim como minha mãe cuidava. Almoço na mesa na hora certa, café da tarde, roupas lavadas… Só que aí o destino quis me colocar pra morar sozinha, eu fui tola o suficiente pra achar que seria fácil, que eu me acostumaria rapidamente e que, enfim, poderia  fazer as coisas do meu  jeito.

Tudo lindo até aí, morei 8 meses em uma república, não deu certo! (não vou falar os motivos, não vale mais à pena). E aí o destino se encarregou a mudar minha vida completamente de novo. Fui morar com meu Noivo. Não contente, o bendito destino agiu novamente, me mandou pra Rio Preto (interior de São Paulo) com o Noivo (mudança de emprego dele).

Ok! Contudo, estava tudo indo bem (na verdade está). De repente passei a ter a MINHA casa, um casamento (mesmo sem cerimônias e tudo mais, torna-se um casamento, não adianta exitarmos). E é tão gostoso o que eu tenho vivido. É tão feliz!

Mas aí eu paro e percebo a falta que a mãe da gente faz. Nunca na vida terei novamente aquele almoço delicioso, caprichado em cima de uma mesa às 11:30, me esperando. Também nunca mais aparecerá um bolo de fubá, de cenoura, laranja ou chocolate como num passe de mágica em cima do fogão de casa. Eu sinto falta disso!

Agora a responsabilidade é toda minha. Se eu sinto vontade de qualquer coisa, é preciso fazer.

A minha vida de “casada” tem sido deliciosa, posso até dizer “melhor impossível”. Mas é diferente, é preciso uma adaptação. Acima de tudo, é preciso lembrar TUDO o que a minha mamãe já fez pra mim e por mim um dia. Sim, pq sem lembrar de tudo que ela fez, sem agradecer, sentir orgulho ou qualquer outro sentimento de gratidão, eu já teria desistido faz tempo.

Eu tô contando as semanas, dias, segundos no dedo pra eu chegar em Ubatuba, na casa dos meus pais. Aquela terra me espera, meus pais me esperam!

Deixo um beijo pra todos!

 

Semana interminável

Publicado em

É, a semana tá corrida demais… Provas e mais provas, Noivo longe, trabalho, stress, tpm… Nossa, que semana pesada eu tô tendo.

O pior disso tudo é o fato do Gu passar uma semana longe, isso tá acabando comigo, com meus dias e noites. Eu sei que é extremo exagero da minha parte, mas é complicado quando nunca se ficou sozinha numa cidade estranha. Voltar da faculdade tem sido um martírio que só #tristefato

Aí eu chego, faço comida e vejo aquela cama vazia, sem ele, sem o cheirinho dele… Noites longas onde não tenho o meu amorzinho pra me encher de beijo, me encher o saco e ficar me pentelhando até eu dormir sem perceber… Não gosto disso, quero ele de volta…

Tô contando os dias de uma forma absurda, preciso que chegue sexta feira logo, preciso dele AQUI COMIGO!

Bom, amanhã tem prova (pra variar), sabe-se lá o que vai cair (professor nc deu aula, só foram apresentações de trabalhos).

Prometo não sumir!

 

 

E, juntei!

Publicado em

Te amo!

Como já disse em algum post passado por aqui, a dona do ap. que eu morava resolveu pedir o espaço pois decidiu vendê-lo. Coisa óbvia é que eu não voltaria pra Ubatuba só por este imprevisto, né?!

Sabem também que eu estava ficando aqui na casa do Noivo até arrumar um novo lugar pra eu morar, pois então, eu não vou mais arrumar lugar algum, até casarmos eu permaneço aqui no ap. dele. Isso mesmo, minha gente, juntamos os trapos e estamos super felizes.

Meus pais foram os primeiros a saberem e a concordarem (simplesmente pq iriam pagar um lugar pra eu morar e eu ia acabar ficando mais tempo aqui). Essa idéia partiu do Gu (que sempre disse que juntaria no máximo uns 6 meses antes de casar ou coisa assim), fiquei surpresa com o convite, mas é claro que não recusei rs…

Não é fácil não ter mais um guarda-roupas de casal só para você, não é fácil ter que arrumar casa e lavar a louça todos os dias sem ter alguém pra dividir, muita coisa não é fácil. Mas o fato de estamos juntos, dormirmos todos os dias juntinhos, ver nossas coisas amontoadas num guarda-roupas de solteiro (ou menos que isso) é extremamente gratificante.

É delicioso ouvir ele falar pros amigos “pois é, “casei” há uma semana” ou até mesmo vê-lo falar “então, tenho que ver com minha mulher”.

De noivo passou pra marido (quando cai a ficha da situação e eu não fico extasiada com a situação de tanta felicidade) e de noiva pra mulher. Não há sensação mais gostosa do que a que estamos sentindo.

Ele repete a cada minuto que está super feliz deu estar aqui com ele e eu respondo com um sorriso imenso e olhos brilhando!

Já me disseram que irá cair na rotina, outros que iremos nos acomodar e continuar apenas “juntados” e não iremos casar. Mas é aquela coisa, pessoas opinam por ter vividos situações semelhantes, Gu e eu namoramos há praticamente 3 anos e não caímos na rotina em nada, sempre inovamos em tudo. Quanto a casar, juntar ou coisa do tipo, todo mundo sabe a minha vontade, a vontade dele e de nossa família. Não precisamos provar nadica de nada pros outros.

Quando é pra ser, não adianta,vai ser e pronto!

(Agora deixa eu ir nessa pq preciso passar nossas roupas pro Casamento do Gabriel e da Tamara. Depois posto das fotocas de lá :D)

É ele o homem da minha vida!

Publicado em

-Alô

-Mozi? 

-Oi, amor… tudo bem?

-Tudo e aí?

-Sim, sim

-Escuta, tô passando aí, a gente passa na padoca pra comprar pão e se tiver rocambole de doce de leite compro pra vc, tá?

-Tá! Mas pq vai comprar se eu nem tô com vontade? Aprontou, é???

-Não, é que eu faço de tudo pra te ver feliz, te mimo pq eu nunca quero perder você! Te amo,né?!

*e aí eu comecei a ficar com os olhos embaçados e me despedi*

Não há NADA no mundo melhor do que certas declarações de amor. Feitas não somente com palavras, mas com ações (muitas vezes bobas como a citada).

Não existe nenhum homem no mundo melhor do que o MEU NOIVO!

Pra sempre!

Preocupações de um casamento rs

Publicado em

Ai! Esses dias eu ando tão sem assunto, sem coragem rs…

As coisas do casamento estão super paradas. O buffet não responde, não temos outras opções por enquanto… Tá difícil, quando o negócio deslancha, para de novo rs

Noivo e eu ficamos pensando em tudo, aí vem as preocupações, o medo de num dar tempo e certo (por falta de grana agora), complicada a situação.

Bom, amanhã vamos sair para jantar num cantinho japonês (eu sou apaixonada por comida oriental), esse será meu presente de dia dos namorados. Eu adorei! Se tirarmos fotos, claro que posarei aqui… :)

Acho que por hoje é só!