Assinatura RSS

Semestre turbulento! Alguém me salva…

Publicado em

Quando eu falo que ainda morro esse semestre, todo mundo acha exagero e ninguém acredita!

Esse é mais um post pra deixar registrado minha vida extremamente corrida.

Segunda feira é dia de aula de entomologia e práticas educativas

Terça é dia de bioestatística logo às 8 da matina. Pra abrir o dia, sabe? De tarde tenho inglês e à noite, ai,   hora de bioquímica.

Quarta feira é um dia mais sussa. Tenho somente duas aulas de sistemática à noite. Ufa!

Quinta feira é dia de inglês de novo e aula de histologia (matéria que já fiz na USC, só pra constar. Não eliminei).

Sexta feira é biofísica. Coisa pouca, são só duas aulas. Mas a professora complica a vida ahaha.

Detalhe que a partir de sábado (24/03) começa minha adaptação, ou seja, todas as tardes de sábado (das 15 às 17) terei aula de física geral.

É ou não é pra morrer, minha gente?

Textos, listas de exercícios, livros, trabalhos… #morteavista

Nunca pensei que fosse estudar tanto aqui em Rio Preto. Realmente a facul daqui, embora particular também, é bem mais puxada.

Não sei se gosto ou se desgosto. Talvez eu goste por amar tanto a biologia e querer terminar logo essa faculdade pra poder exercer minha linda e doce profissão. Talvez desgoste por perder tardes de sábados indo pra facul.

Deus, ajude sua pobre (literalmente) filha!

Pra finalizar, uma foto da época de cursinho. Quando tudo ainda não passada de artrópodes, nematelmintos e coisas fáceis do tipo.

Estudando artrópodes e tomando uma bela xícara de café!

Beejo

Anúncios

Sexta é dia de música

Publicado em

Oi, gente amada!

Contagem regressiva pra formatura da Thamy *-*.  Cada dia escolho um vestido novo, uma make nova, um sapato diferente… Deus, como é difícil ser amiga de formanda!!!

Como hoje é sexta feira, nada melhor do que deixar para vocês uma música bem bacana.

Acho que nunca cheguei a comentar aqui sobre meu amor imenso pelo Coldplay. Amo todas as músicas, sem exceção. Aliás, eu sou uma pessoa difícil de gostar de todas as músicas de uma única banda ou cantor (a).

A música de hoje é bem relaxante. Com esses dias de outono, onde o friozinho resolveu aparecer e, junto com ele, a chuvinha deliciosa batendo na janela, nada melhor do que uma música calma.

Paradise – Coldplay

When she was just a girl
She expected the world
But it flew away from her reach
So she ran away in her sleep

And dreamed of para-para-paradise
Para-para-paradise
Para-para-paradise
Every time she closed her eyes

Ooohh

When she was just a girl
She expected the world
But it flew away from her reach
And bullets catch in her teeth

Life goes on
It gets so heavy
The wheel breaks the butterfly
Every tear, a waterfall
In the night
The stormy night
She closed her eyes
In the night
The stormy night
Away she flied

And dreamed of para-para-paradise
Para-para-paradise
Para-para-paradise
Whoa-oh-oh oh-oooh oh-oh-oh

She dreamed of para-para-paradise
Para-para-paradise
Para-para-paradise
Whoa-oh-oh oh-oooh oh-oh-oh

La-la-la-la-la

Still lying underneath the stormy skies
She said oh-oh-oh-oh-oh-oh
I know the sun’s set to rise

This could be para-para-paradise
Para-para-paradise
This could be para-para-paradise
Whoa-oh-oh oh-oooh oh-oh-oh

This could be para-para-paradise
Para-para-paradise
This could be para-para-paradise
Whoa-oh-oh oh-oooh oh-oh-oh

Ooohh

This could be para-para-paradise
Para-para-paradise
This could be para-para-paradise
Whoa-oh-oh oh-oooh oh-oh-oh

Ooohh, oohh…

Espero que tenham gostado da música de hoje. Sei que sexta feira é dia de rolês mais agitados, mas eu ando num clima mais ‘zen’ ahaha.
Beejo
P.S.: Não deixem de visitar o meu lindo e amado Que Beleza!

Eu leio: Crônicas de Primeira Viagem

Publicado em

Oi, amores!!!

Venho com mais uma indicação de blog pra vocês!

Pra quem gosta de ler bons textos, o Crônicas de Primeira Viagem vai se tornar um favorito na barra de ‘favoritos’ (rs).

Escrito por Aline Nóbrega, recém formada em Publicidade e Propaganda, diretamente da minha terrinha linda, Ubatuba.

Infelizmente o blog anda meio desatualizado, mas mesmo assim eu entro quase todos os dias e acabo lendo todas as crônicas já postadas novamente, de tão boas que são. Vale a pena conferir!

 

Espero que gostem!

Beejo

Vitória dos amigos? É minha vitória também!

Publicado em

Oi, pessoas!!!

Hoje o post será meio, sei lá, não sei classificá-lo. Talvez emocionante, emotivo ou algo do tipo.

Acho que já devo ter comentado aqui sobre meu círculo de amizade. Realmente é um círculo, ou seja, não teve início e nunca terá fim. Sabem também que esse círculo é formado por Pri, Thamy, Eve, Lah (eu), Lika e o Mayr (que veio de brinde ¬¬”).

Vou começar do começo, ok?

Em 2006 fui estudar no colégio Objetivo de Ubatuba. Fui meio a contra gosto porque nunca me socializei muito com pessoas de escolas pagas e isso me deixou aflita. Coloquei na cabeça que não faria amizades, que seria humilhada por não ter o mesmo padrão e que seria a coisa mais foda da minha vida. Impressionante como me enganei.

Nesse colégio que eu julguei, encontrei minhas irmãs de alma, aquelas citadas ali em cima, sabe?

Nos tornamos amigas de infância em um semestre. Pouquíssimo tempo já conhecíamos umas as outras como a palma de nossa mão. Segredos, confissões, baladas e diversas histórias que jamais serão esquecidas. Aliás, que sempre são lembradas como se tivessem acontecido ontem ou há 5 minutos.

E nossas paródias??? Nossa, nem me fale. Que saudade!

Posso considerar que os dois melhores anos desses 22 que vivi foram os 2 anos que estudei no objetivo e que passei com elas, minhas irmãs que formaram o PTELL.

O Mayr é meu irmão de alma. Por pouco o destino não nos fez primos, ou seja, era pra ser! Amo incondicionalmente esse ser retardado que faz o papel de amigo, irmão, pai e tudo mais.

NÃO TEM COMO NÃO AMAR ESSAS PESSOAS!

O tempo passou. Eve foi pro Rio estudas, Thamy pra Bauru (lugar onde fui morar logo em seguida), Lika voou mais longe, foi pra Nova Zelândia, Pri ficou em Pinda e o Mayr em Uba mesmo.

Eu? Eu fui pra Bauru e agora estou em Rio Preto rs.

Agora, depois de 6 anos, todos resolveram crescer. Todos estão pra se formar já (menos a Lika) e isso me traz uma felicidade sem tamanho que chego a chorar. Chorar de saudade, de emoção e, principalmente, por poder participar da comemoração de vitória de cada um deles.

Porque foram 6 anos onde todos se descabelaram primeiro pra passar no vest e depois pra concluir a tão sonhada faculdade.

Dia 30 de março tem a primeira formatura, será da Thamy. Estamos contando os segundos, minutos, horas e dias pra que chegue logo o grande dia. E vamos gritar, beber, dançar, cair e, se precisar, até gorfar. Mas tudo isso será pra comemorar a vitória da nossa amiga-irmã-companheira de vida.

Sim, DE VIDA!!! Porque até conhecê-la(s) eu não tinha vivido nada, minha gente!!!

Não há felicidade maior no mundo do que ter amigos vencedores e que, de tão amigos, fazem questão de que você esteja lá com ele comemorado junto.

Sabe, parece que tô me preparando pra minha formatura. De certa forma será, porque a felicidade da minha amiga, é a minha também. Disso eu e ninguém tem dúvidas.

E é por isso, queridos, que digo:

PREPAREM O TRANSPLANTE, PORQUE MEU FÍGADO VAI DERRETER!

Um beijo!!!

Thamy e eu em alguma balada por aí!

Sexta é dia de música

Publicado em

Eu simplesmente sou apaixonada por essa música.

Águas de Março – Tom Jobim

É pau, é pedra, é o fim do caminho
É um resto de toco, é um pouco sozinho
É um caco de vidro, é a vida, é o sol
É a noite, é a morte, é um laço, é o anzol

É peroba do campo, é o nó da madeira
Caingá, candeia, é o Matita Pereira
É madeira de vento, tombo da ribanceira
É o mistério profundo, é o queira ou não queira

É o vento ventando, é o fim da ladeira
É a viga, é o vão, festa da cumeeira
É a chuva chovendo, é conversa ribeira
Das águas de março, é o fim da canseira

É o pé, é o chão, é a marcha estradeira
Passarinho na mão, pedra de atiradeira
É uma ave no céu, é uma ave no chão
É um regato, é uma fonte, é um pedaço de pão

É o fundo do poço, é o fim do caminho
No rosto o desgosto, é um pouco sozinho
É um estrepe, é um prego, é uma conta, é um conto
É um pingo pingando, é uma ponta é um ponto

É um peixe, é um gesto, é uma prata brilhando
É a luz da manhã, é o tijolo chegando
É a lenha, é o dia, é o fim da picada
É a garrafa de cana, o estilhaço na estrada

É o projeto da casa, é o corpo na cama
É o carro enguiçado, é a lama, é a lama
É um passo, é uma ponte, é um sapo, é uma rã
É um resto de mato, na luz da manhã

São as águas de março fechando o verão
É a promessa de vida no teu coração
É uma cobra, é um pau, é João, é José
É um espinho na mão, é um corte no pé

São as águas de março fechando o verão
É a promessa de vida no teu coração

É pau, é pedra, é o fim do caminho
É um resto de toco, é um pouco sozinho
É um passo, é uma ponte, é um sapo, é uma rã
É um belo horizonte, é uma febre terçã

São as águas de março fechando o verão
É a promessa de vida no teu coração

Pau, -edra, -fim, -inho,
-esto, -oco, -ouco, -inho,
-aco, -idro, -ida, -ol,
-oite, -orte, -aço, -azol

São as águas de março fechando o verão
É a promessa de vida no teu coração 

Amigos da facul e um fds maravilhoso

Publicado em

Olá, povo! Tudo bem?

Fim de semana passado fui com o Gu e mais a turma da facul (que eu ando) pra uma chácara. Super me diverti!

O pessoa lá é bem bacana, pouco tempo e eu já adoro todo mundo. Impressionante!

Em Bauru eu nunca tinha ido em churrascos do pessoal da facul. Não me perguntem o por que, talvez pelo fato da minha ‘tchurminha’ nunca poder ir (por morarem em outras cidades) e eu não queria ficar só com meus veteranos (que são gente fina pra caramba também, mas não é a mesma coisa).

Aqui em Rio Preto eu resolvi aproveitar tudo que eu puder. Falaram na chácara? Fui a primeira a topar. Tão gostoso passar um fim de semana assim, sabe, rindo, pulando, bebendo, fazendo palhaçada…

Claro que foi o primeiro de muitos ainda. O melhor de tudo é que todo mundo ‘se apaixonou’ pelo Gu, ele meio que virou membro do grupo da facul já ahaha. Isso é bom!

Pra vocês, então, algumas fotocas!

Coitado, esse cachorro foi apertado por todo mundo! Eu, Iago, Jhony e Gu

A dona da chácara. Pri e eu :D (com os olhos morteiros já)

Rodolpho se apaixonou pelo Gu ahaha

Rafa, Sr. Wilson, Dog, Rodolpho e Gu – Só os lokos!

Essa coisinha, viu?! Marjorie e eu

Eu e os meninos!

Marjorie, eu, Rodolpho e Jhony :D

Esse é o pessoal da facul que me acolheu assim que cheguei. Graças a Deus fiz amigos super rápido. Acho que agora não tenho mais do que reclamar aqui em Rio Preto.

Eu Leio: Espaço da Mila

Publicado em

Bom dia, queridos! Passaram bem o fim de semana?

Nossa o meu não podia ter sido melhor, mas isso é assunto pra outro post, ok?

Hoje eu vim com mais um blog que eu acompanho desde que ele foi ao ar. É o blog de uma grande amiga minha (fizemos cursinho juntas em Ubatuba) e que gosto bastante.

Bom, nesse espaço você fica sabendo um pouco mais sobre a vida da Camila, que aliás, é bem corrida (ela faz faculdade). Mas também encontra dicas de livros, filmes etc.

Pra quem gosta desses assuntos, vale a pena conferir.

Para conhecer o ‘Espaço da Mila’ é só clicar aqui e se encantar (começando pelo layout, né? Amo corujas)